Senhora,

De tudo cansa, de nada goza.

Murmura sozinha pelos mudos cantos cinzas,

Ansiando que não se vá o tempo do qual não dispõe.

Jovem senhora, cansada a engolir as horas,

Venerar o tempo, estudar os fatos,

Depressa se embebeda de si própria.

Jovem senhora, mais parca, menos donzela.

Menos saudável, mais fúnebre. Sóbria demais.

Mais parca, mais porca, mais perda.

De tudo cansa, de nada goza!

Madruga ao labor, a cada ano acompanhada de mais opaco sabor.

Morna! Pobre, ranzinza, rabugenta e brochada. Inapetente deste universo.

Morre dentro de si, travando guerras fantasmagóricas com amores alheios.

Amores aos quais felizmente ainda se doa e se dói,

Mas bem sabe serem das próximas, nunca seus – mesmo a sois.

Cada vez mais efêmero o rito da esparsa e mirabolante conquista,

Tal como estrelas cadentes, mágicas como ejaculação precoce.

Uma louca velha, quieta, muda a se questionar,

Quanto tempo seria preciso para esquecer-se,

De que vira um maldito roedor em sua caótica cozinha?

Jovem senhora,

Sóbria! De tudo cansa, de nada goza.

Sempre grávida de seu destino,

Sempre exalando o odor – agora fétido – do nascituro,

Torturando o presente em nome d’um grande futuro, ou gran’ finalle?

Perdera o tesão pelos próprios entorpecentes, pobre diabo-criatura.

Cansa-se, com preguiça daquelas grandes masturbações mentais.

Jovem senhora, sempre só, sempre acompanhada em multidões,

Cada vez menos orgástica e mais engajada. Sóbria demais.

alma sobrea

**Chinaira Raiazac**

 

Anúncios

2 comentários sobre “SÓBRIA

    1. Que sejam as marteladas no sentido de construção! E viva à arquitetura do desmanchar-se e refazer-se! Abraço, querido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s